Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Supera-TE

Supera-TE

Superar-se na capacidade de se reiventar

 

 

Sobre isto de nos reiventarmos existem muitas opiniões e como em quase tudo existem dois lados, o sim e o não. Na verdade nem todos temos as mesmas capacidades ou as mesmas vontades e enquanto uns gostam de estabilidade e de rotinas outros preferem viver no limite. 

Para mim que saltei a linha do equilibrio e arrisquei confesso que consigo ver muito mais vantagens em fazê-lo. Com o mundo em mudança e com as mudanças no mercado de trabalho é cada vez mais necessário abrirmo-nos ao mundo e reiventarmo-nos. Mas a minha experiência pessoal diz-me também que no dia em que me reiventei tornei-me numa pessoa muito melhor. Se me perguntarem se foi boa a mudança eu direi que não. Eu preferia não ter tido de dar o passo. Foi extremamente dificil e obrigou-me a refazer a minha personalidade. 

Porém, olhando para trás percebo que colhi imensos frutos desta mudança e tornei-me numa pessoa mais rica. Aprendi a ir ao encontro daquilo que me faz mais feliz. Aprendi a organizar-me, a não ter medo de tomar decisões e sobretudo ter sempre um plano B para o caso das coisas não correrem bem.

A capacidade de nos reiventarmos e de consequentemente nos superar-mos não é fácil. O Ser Humano é um animal de hábitos e sair da nossa zona de conforto é um árduo caminho. O lado positivo: o desafio é sempre aliciante e embora o caminho seja dificil quando olhamos para trás sentimos a nossa capacidade de resiliência e isso faz-nos crescer enquanto pessoas. Crescer sempre para melhor.

Emigrar foi de facto a minha maior reivenção. 

 

WP_20150628_014 (1).jpg

 

creditos da imagem:@CL

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D